Sem categoria

Câncer de Mama: Vamos falar disso

Compartilhar

O que é câncer de mama? 

É uma doença resultante da multiplicação de células anormais da mama, que forma um tumor com potencial de invadir outros órgãos. Há vários tipos de câncer de mama. Alguns se desenvolvem rapidamente e outros não. A maioria dos casos tem boa resposta ao tratamento, principalmente quando diagnosticado e tratado no início.

O câncer de mama é comum no Brasil?


Sim. É o tipo mais comum, depois do câncer de pele, e também o que causa mais mortes por câncer em mulheres.

Em 2014 foram 14.622 mortes


Só as mulheres têm câncer de mama?

Não. Homens também podem ter câncer de mama, mas isso é raro (apenas 1% dos casos).


O que causa o câncer de mama? 

Não há uma causa única. Diversos fatores estão relacionados ao câncer de mama. O risco de desenvolver a doença aumenta com a idade, sendo maior a partir dos 50 anos.


Fatores de Risco:

  • Comportamentais/ambientais 
  • Obesidade e sobrepeso após a menopausa. 
  • Sedentarismo (não fazer exercícios). 
  • Consumo de bebida alcoólica. 
  • Exposição frequente a radiações ionizantes (raios X, mamografia e tomografia). 

É possível reduzir o risco de câncer de mama? 


Sim. Manter o peso corporal adequado, praticar atividade física e evitar o consumo de bebidas alcoólicas ajudam a reduzir o risco de câncer de mama. A amamentação também é considerada um fator protetor.

Quais são os sinais e sintomas do câncer de mama?

  • Caroço (nódulo) fixo e geralmente indolor. 
  • Alterações no bico do peito (mamilo). 
  • Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja.
  • Pequenos nódulos na região embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço. 
  • Saída de líquido anormal das mamas. 
Essas alterações precisam ser investigadas o quanto antes, mas podem não ser câncer de mama.

Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais do Projeto Antonia – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais.   

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *