Sem categoria

Eu Sou

Compartilhar
Eu sou aquilo que sou.
Matéria, Espirito, poesia. 
Pensamento.
Às vezes forte, ás vezes lenta
Rude e delicada, 
Ás vezes nada…
Deixo o pensamento livre, 
É difícil acorrentá-lo, 
Não me espanto.

Eu sou solidão, lenta e solitária. 
O silêncio me revela. 
Mas o silêncio não cala.
Ele diz coisas profundas.
O silêncio fala. 
Eu sou aquilo que sou.
Não sei mais nada. 
Sou mortal. 
O cotidiano, revela Deus em mim, 
No outro, no universo.
Revela o sagrado. 
Recria a vida. 
Deus é sempre surpresa. Por isso eu sou.
A imagem e semelhança.
De um Deus apaixonado. 
                                                                                                                       Ir. Leonira Camatta
                      

Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais do Projeto Antonia – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais.   

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *